PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Bolsonaro nomeia secretário-executivo Victor Veiga como ministro da Educação interino

30/03/2022 10h29

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro nomeou Victor Godoy Veiga, que ocupava a secretaria-executiva do Ministério da Educação, para ocupar interinamente o cargo de ministro da pasta após o pedido de demissão de Milton Ribeiro em meio a denúncias de irregularidades.

A nomeação foi publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial da União. Não se sabe ainda se Veiga, que é servidor de carreira da Controladoria Geral da União, será mantido como ministro ou trocado posteriormente. Tanto a bancada evangélica no Congresso como o Centrão já falam em nomes para ocupar o posto deixado por Ribeiro.

O ex-ministro deixou o cargo na segunda-feira, depois de uma sequência de denúncias de que ele teria autorizado a ação de dois pastores evangélicos sem qualquer ligação oficial com o governo a atuarem na negociação e liberação de verbas do MEC para prefeituras.

As denúncias, feitas pelos jornais o Estado de S. Paulo e Folha de S.Paulo, mostraram que os pastores pediam dinheiro para protocolar projetos para as prefeituras e para depois liberar os recursos. O ex-ministro nega ter cometido qualquer irregularidade.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)