PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Preços do petróleo sobem 3% com oferta apertada e expectativa de novas sanções à Rússia

30/03/2022 17h04

Por Scott DiSavino

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo subiram cerca de 3% nesta quarta-feira, com outra redução nos estoques do produto nos Estados Unidos indicando oferta apertada, enquanto investidores estão preocupados com novas sanções ocidentais contra Moscou, à medida que as forças russas continuam a bombardear os arredores da capital da Ucrânia.

Na terça-feira, a Rússia prometeu uma redução das operações em Kiev. O Ocidente minimizou essas promessas como um plano de Moscou para reagrupar as forças invasoras após elas sofrerem perdas significativas.

"Depois de serem enganados uma vez, muitos comerciantes que venderam contratos em resposta às negociações de paz provavelmente não cometerão o mesmo erro na próxima vez que uma reunião Rússia-Ucrânia for seguida por comentários otimistas", disse Jim Ritterbusch, presidente da Ritterbusch and Associates em Galena, Ilinois.

Os contratos futuros do Brent subiram 3,22 dólares, ou 2,9%, para fechar a 113,45 dólares o barril, enquanto o petróleo dos EUA (WTI) avançou 3,58 dólares, ou 3,4%, para fechar a 107,82 dólares.

Os estoques de petróleo dos EUA caíram 3,4 milhões de barris na semana passada, um volume acima do esperado, reduzindo os estoques do maior consumidor do mundo para 410 milhões de barris, o menor desde setembro de 2018, mostraram dados do governo.

Contudo, os ganhos dos preços foram limitados por aumentos surpreendentes nos estoques de gasolina e derivados dos EUA na semana passada e pela menor demanda por ambos os produtos, disseram traders.

(Reportagem de adicional de Noah Browning em Londres, Sonali Paul em Melbourne e Muyu Xu em Pequim)