PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Caoa vai parar produção em SP para adaptação a elétricos; sindicato fala em fechamento

05/05/2022 13h50

Por Andre Romani

SÃO PAULO (Reuters) - A Caoa Chery anunciou nesta quinta-feira a interrupção da produção de veículos em sua principal fábrica no país, em Jacareí (SP), para adaptar a unidade à produção de carros híbridos e elétricos, um processo previsto para ser concluído apenas em 2025.

Mas segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região, os planos da joint venture entre a brasileira Caoa e a chinesa Chery tratam-se de um fechamento da unidade, que emprega cerca de 600 trabalhadores, de acordo com a entidade.

O sindicato convocou a imprensa para uma entrevista coletiva nesta tarde para discutir os detalhes dos planos envolvendo a fábrica.

Nos últimos anos, Ford, Mercedes-Benz e Toyota decidiram por encerramento de operações produtivas em cidades do Estado de São Paulo, cada uma citando razões que incluem estratégias globais e busca de eficiência em custos.

A Caoa Chery diz que está em negociação com o sindicato "para a definição de um pacote de indenização suplementar, além do regular pagamento das verbas rescisórias legais" aos trabalhadores da fábrica de Jacareí.

"As mudanças reforçam o comprometimento da Caoa Chery com o mercado brasileiro e a sua completa confiança na capacidade industrial do país", afirmou a empresa.

A companhia afirma que a medida faz parte de compromisso no Brasil de eletrificação de todos os modelos do portfólio até o final de 2023. O valor do investimento na estratégia não foi informado.

A outra fábrica da Caoa Chery, em Anápolis (GO), que já passou por processo parecido, segundo a empresa, intensificará a produção para compensar a interrupção em Jacareí. Isso permitirá a manutenção da meta da companhia de comercializar 60 mil veículos no mercado nacional este ano.

Em janeiro, a Caoa Chery havia anunciado mudanças na administração da fábrica em Jacareí, que passou a ser comandada por Ethan Zhang, que tem passagens pela Chery China.

A fábrica em Jacareí pertencia originalmente à Chery e passou a ser operada pela empresa resultante da combinação de negócios com a Caoa, em 2017.

A unidade no interior paulista "é o centro de operações da Caoa Chery no Brasil", segundo a descrição da fábrica em seu site, que destaca que a instalação já foi modernizada recentemente.