PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Centeno vê alta de juros pelo no início de julho

13/05/2022 08h52

Por Sergio Goncalves

LISBOA (Reuters) - O membro do Conselho do Banco Central Europeu (BCE) Mario Centeno disse nesta sexta-feira que o BCE deveria iniciar um ciclo de aumento das taxas de juros no início de julho, e pediu que qualquer retirada de estímulo seja feita gradualmente.

Ele disse que a normalização da política monetária é "necessária e desejável", acrescentando que qualquer percepção de que não houve "uma resposta suficientemente vigorosa" poderia exigir um aperto adicional e mais agressivo para controlar a inflação em uma data posterior.

A normalização precisa ser feita gradualmente, acrescentou ele, e as autoridades não devem "reagir exageradamente" ao aumento da inflação em toda a Europa ou correm o risco de penalizar o crescimento econômico.

Ele disse que o BCE deve encerrar seu programa de estímulo de compra de títulos no início do terceiro trimestre deste ano e depois iniciar um ciclo de aumentos das taxas de juros.

"A expectativa é de que isso possa acontecer nas primeiras semanas do terceiro trimestre", disse ele em uma conferência bancária em Lisboa.

Com a inflação disparando a um recorde de 7,5% na zona do euro no mês passado, bem acima da meta de 2% do BCE, as autoridades estão defendendo cada vez mais uma redução rápida do estímulo, e várias pediram um aumento das taxas em julho.