PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Spirit Airlines recomenda a acionistas que rejeitem oferta da JetBlue

19/05/2022 12h58

Por David Shepardson

(Reuters) - A Spirit Airlines recomendou nesta quinta-feira aos seus acionistas que rejeitem uma oferta hostil de aquisição enviada pela JetBlue Airlines, classificando a proposta como "uma tentativa cínica de interromper" a combinação de negócios da empresa com a Frontier.

A JetBlue diz que sua oferta de 30 dólares por ação é superior ao valor do negócio em dinheiro e ações com a Frontier e que preocupações regulatórias não são motivo para rejeitar a proposta.

A JetBlue, que no início de abril ofereceu 33 dólares por ação, argumenta que um acordo com a Spirit a ajudará a competir com as quatro maiores companhias aéreas dos Estados Unidos, que controlam quase 80% do mercado de passageiros do país.

A JetBlue, sexta maior aérea dos EUA em termos de passageiros transportados, operaria a Spirit sob a marca JetBlue, mas prometeu 200 milhões de dólares de taxa, ou 1,80 dólares por ação da Spirit, caso o negócio não avance por razões antitruste.

"Durante as extensas discussões mantidas entre as empresas, a própria JetBlue admitiu que um processo do Departamento de Justiça dos EUA (DOJ) buscando bloquear a fusão era uma certeza de 100%; portanto, a JetBlue teria que prevalecer ou fechar um acordo (o que seria contrário à abordagem do DOJ) para consumar a proposta de aquisição da Spirit", disse a Spirit em um comunicado.

A JetBlue respondeu nesta quinta-feira que "ambas as ofertas estão sujeitas a revisão regulatória, e ambos os negócios têm um perfil semelhante de risco .... a Frontier oferece menos valor, mais risco, e sem compromissos regulatórios, apesar de um perfil similar", disse a empresa.

A JetBlue reiterou seu argumento de que "o conselho da Spirit, impulsionado por sérios conflitos de interesse, continua a ignorar os melhores interesses de seus acionistas, distorcendo os fatos para tirar o foco de seu processo falho e proteger o negócio inferior com a Frontier".

Em uma carta aos acionistas da Spirit na segunda-feira, a JetBlue ofereceu 30 dólares por ação e disse que estava pronta para "negociar de boa fé uma transação consensual de 33 dólares, sujeita às diligências necessárias".

"O foco da JetBlue na Spirit parece ser uma tentativa de distrair do fato de que o próprio negócio da JetBlue está em desordem", disse a Spirit nesta quinta-feira, acrescentando que o preço das ações de sua rival caiu cerca de 34% desde 29 de março.

(Por David Shepardson)