PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Bolsonaro é condenado por dano moral coletivo a jornalistas

07/06/2022 20h32

(Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro foi condenado a pagar indenização de 100 mil reais por dano moral coletivo à categoria dos jornalistas por ataques contra a profissão, em ação aberta pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo.

De acordo com a decisão, divulgada no site do sindicato nesta terça-feira --Dia Nacional da Liberdade de Imprensa-- a juíza Tamara Hochgreb Matos, da 24ª Vara Cível da Comarca de São Paulo, cita ataques de Bolsonaro aos jornalistas.

"Com efeito, tais agressões e ameaças vindas do réu, que é nada menos do que o chefe do Estado, encontram enorme repercussão em seus apoiadores, e contribuíram para os ataques virtuais e até mesmo físicos que passaram a sofrer jornalistas em todo o Brasil, constrangendo-os no exercício da liberdade de imprensa, que é um dos pilares da democracia", afirmou a magistrada.

Procurado, o Palácio do Planalto não respondeu de imediato a um pedido de comentário sobre a condenação.