PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Siderurgia brasileira espera que EUA revejam cotas de aço neste ano

10/06/2022 15h16

SÃO PAULO (Reuters) - A indústria siderúrgica brasileira tem expectativa que as cotas de exportação de aço para os Estados Unidos sejam revistas neste ano, após um aceno do presidente norte-americano, Joe Biden, sobre o assunto durante reunião com o presidente Jair Bolsonaro na quinta-feira, afirmou o presidente da associação que representa o setor nesta sexta-feira.

"Temos expectativa que saia neste ano" a revisão das cotas, disse o presidente-executivo do Aço Brasil, Marco Polo de Mello Lopes.

As cotas foram criadas em 2018 no governo de Donald Trump e impuseram um limite anual de 3,5 milhões de toneladas de exportações placas do Brasil sem cobrança de sobretaxa de 25%. Além disso, o governo Trump também criou um redutor de 30% sobre o volume de vendas de produtos siderúrgicos acabados brasileiros, com base em uma média dos volumes vendidos entre 2015 e 2017.

Segundo Lopes, o setor aguardava esta primeira reunião entre Bolsonaro e Biden para ter uma sinalização para um início das negociações para a revisão das cotas. "Seria impensável uma missão se houvesse um estresse na relação", disse o executivo.

"O desdobramento disso (reunião entre os dois presidentes) é que vamos agora colocar de pé uma nova missão aos EUA", disse Lopes.

(Por Alberto Alerigi Jr.)