PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

BCE está comprometido a agir sobre riscos de fragmentação, diz Centeno

20/06/2022 08h13

Por Sergio Goncalves

LISBOA (Reuters) - O Banco Central Europeu está muito determinado e comprometido em agir contra o risco de fragmentação e está projetando instrumentos para combater a diferença de dívidas, disse nesta segunda-feira o membro do Conselho Mario Centeno.

Falando em um evento organizado pela CNN Portugal, Centeno disse que tais instrumentos só serão utilizados em caso de necessidade, "ou, se bem concebidos, podem nunca ser utilizados".

O BCE disse na quarta-feira que havia instruído sua equipe a acelerar o projeto de uma ferramenta "antifragmentação" após forte aumento da diferença de rendimento dos títulos do sul da Europa em relação à dívida alemã, considerada segura.

O spread de 10 anos dos títulos italianos contra os Bunds alemães, o mais acompanhando por investidores, que atingiu uma máxima de cerca de 250 pontos base na semana passada, é de cerca de 203 pontos nesta segunda-feira. A dívida de Portugal para o mesmo vencimento é negociado com um spread de 107.

Centeno disse que "há uma grande determinação e compromisso" para lidar com o risco de fragmentação "que não pode ser descartado".

"Haverá um novo seguro que só será usado se necessário" para trazer "disciplina ao mercado que parece não existir sempre que os spreads vão além dos fundamentos" das economias.

Ele reiterou que a normalização da política monetária prosseguirá gradualmente através dos instrumentos que o BCE tem e daqueles que lançará para criar condições para que a meta de inflação de 2% seja atingida.

"Vamos tirar as taxas básicas de um nível negativo onde elas ainda estão atualmente para níveis próximos ao que é convencionalmente chamado de taxa natural, embora não tenhamos um número", disse Centeno.