PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Ibovespa avança com exterior; Suzano sobe 4%

24/06/2022 11h59

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa avançava cerca de 1% nesta sexta-feira, endossado pelo viés de praças acionárias no exterior, mas ainda caminha para a quarta semana de queda, em meio a temores sobre recessão global, preocupações fiscais e turbulências políticas no Brasil.

Às 11:40, o Ibovespa subia 1,11%, a 99.170,62 pontos. O volume financeiro somava 5,8bilhões de reais. Na semana, até o momento, o índice contabiliza perda de 0,66%. Em junho, o declínio é de cerca de 11%.

Apesar da alta na sessão, persistem temores sobre os riscos de recessão no mundo, mas principalmente nos Estados Unidos, diante do aperto mais agressivo de juros no país.

"Seguimos em uma dinâmica em que o mercado está deixando de olhar apenas a inflação como problemas para o mundo, e passando a dar atenção grande a uma possível recessão", avaliou o diretor de investimentos da TAG, Dan Kawa.

No Brasil, acrescentou, "o peso de commodities em nossa economia e na nossa bolsa, aliada a um ambiente fiscal mais incerto, estão levando a uma deterioração mais acentuada de nossos ativos".

Nesta sexta-feira, o norte-americano S&P 500 tinha elevação 2,1% em Wall Street, em sessão também marcada pela alta dos preços do petróleo e minério de ferro também em alta.

DESTAQUES

- SUZANO ON subia 4% após novo aumento no preço da celulose vendida pela companhia. Analistas do Bradesco BBI citaram em relatório notícia da Risi de que a companhia anunciou aumento nos preços de celulose de fibra curta em 20 dólares por tonelada para a Ásia, 30 dólares para Europa e 40 dólares para a América do Norte. No setor, KLABIN UNIT tinha ganho de 1,6%.

- CVC BRASIL ON caía 6%, a 8,35 reais, após a operadora de viagens levantar 402,8 milhões de reais em uma oferta de ações ao preço de 7,70 reais por papel.

- VALE ON avançava 1,85%, uma vez que os contratos futuros do minério de ferro subiram na bolsa de Dalian nesta sexta-feira após uma queda recorde de 10 sessões, embora os preços em Cingapura tenham permanecido pressionados por uma perspectiva negativa para a demanda na China, maior produtora de aço do mundo.

- PETROBRAS PN tinha elevação de 1,2%, em meio à alta do petróleo no exterior. O processo para Caio Paes de Andrade se tornar presidente da companhia terá uma etapa decisiva nesta sexta-feira, quando um comitê da estatal avaliará se o indicado pelo Ministério de Minas e Energia para o cargo preenche requisitos profissionais.

- ITAÚ UNIBANCO PN mostrava acréscimo de 0,55% e BRADESCO PN subia 0,2%.

- ESPAÇOLASER ON, que não faz parte do Ibovespa, tinha nova sessão de alta após disparar cerca de 10% na véspera antes de anúncio de troca no comando da companhia de procedimentos estéticos. Nesta sexta-feira, o papel avançava 6,9%, a 2,78 reais.