PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Estamos de volta a um "bull market"? Dê um Google!

02/08/2022 17h57

Com o índice S&P 500 ostentando em julho seu mês mais forte desde 2020, Wall Street pode estar de volta a um mercado em alta, ou "bull market"?

Não saberemos se o mercado está desfrutando de uma verdadeira recuperação de seu tombo rumo às profundezas do "bear market" (mercado em baixa) ou se isso é só um voo de galinha até que o S&P 500 suba até suas máximas anteriores. Mas, enquanto isso, as pessoas parecem estar pelo menos fazendo a pergunta.

As buscas no Google por "bull market" saltaram nas últimas sessões, em linha com os ganhos substanciais do mercado de ações.

As pesquisas por "bull market" estão em seu nível mais alto desde meados de junho, quando as discussões sobre mercados de alta e baixa explodiram à medida que o S&P 500 despencou mais de 20% em relação ao recorde de janeiro.

O índice de referência recuperou-se quase 11,6% em relação ao fundo do poço de 16 de junho. Julho foi o mês mais forte para o S&P 500 desde novembro de 2020.

Mas o S&P 500 ainda enfrenta um caminho desafiador de recuperação. O índice teria de subir 17,2% para revisitar seu pico histórico de fechamento de 4.796,56 pontos registrado no último 3 de janeiro.

(Noel Randewich)