PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Lula defende que gás passe a integrar a cesta básica; promete redução da inflação e juros

02/08/2022 20h33

BRASÍLIA (Reuters) - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), primeiro colocado nas pesquisas de intenção de voto na disputa pelo Palácio do Planalto, defendeu nesta terça-feira que o gás passe a integrar a cesta básica, e prometeu que trabalhará pela redução da inflação e da taxa de juros se eleito.

Ao comentar a concessão do Auxílio Emergencial até dezembro, o que considerou uma manobra eleitoral do presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL), Lula recomendou que a população aceite o dinheiro e o utilize, assim como o chamado vale-gás.

"Ele (Bolsonaro) agora resolveu dar o vale-gás... não é de agora que o povo não está podendo comprar gás. Na verdade, o gás vai ter que fazer parte da cesta básica desse país", disse Lula em evento em Campina Grande, na Paraíba.

Lula também prometeu aumento anual do salário mínimo acima da inflação e reajustes a categorias organizadas.

Repetiu, ainda, que empresas públicas como o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal não serão privatizadas, além de alertar que retomará o "controle" da Petrobras.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)