IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

HSBC desiste de financiar novos campos de petróleo e gás

14/12/2022 14h14

Por Lawrence White e Simon Jessop

LONDRES (Reuters) - O HSBC deixará de financiar novos campos de petróleo e gás e espera mais informações dos clientes do setor de energia sobre seus planos de reduzir as emissões de carbono, disse o banco nesta quarta-feira.

"O anúncio do HSBC estabelece um novo nível mínimo de ambição para todos os bancos comprometidos com a emissão zero de carbono", disse Jeanne Martin, ativista da Share Action.

O HSBC está entre os maiores bancos a abandonar o apoio a projetos envolvendo petróleo e gás, medida que a Agência Internacional de Energia diz ser necessária para que o mundo atinja emissões líquidas zero até 2050.

O banco disse que continuará a financiar empresas de energia em nível corporativo para ajudá-las a reformular seus negócios e impulsionar o desenvolvimento de fontes de energia mais limpas, avaliando seus planos estratégicos anualmente.

Abrangendo desde projetos de biomassa até hidrogênio, carvão nuclear e térmico, a política visa impulsionar o progresso em regiões com diferentes sistemas de energia, disse Celine Herweijer, diretora de sustentabilidade do HSBC, à Reuters.

Em meio à invasão da Ucrânia pela Rússia e ao aumento resultante nos custos de energia, a política também foi pragmática, disse ela, e o banco continuará a financiar os campos de petróleo e gás existentes para garantir que a oferta caia com a demanda ao longo do tempo.

"Não há nenhum novo investimento em combustível fóssil a partir de amanhã. O sistema de energia fóssil existente precisa existir de mãos dadas com o crescente sistema de energia limpa", disse Herweijer.

Para garantir que as empresas de petróleo e gás estejam no caminho certo, o banco agora pedirá novas informações, incluindo níveis de produção além de 2030, acrescentou ela.

(Por Lawrence White e Simon Jessop)