IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Biden diz que republicanos estão criando uma crise sobre o limite da dívida

05/05/2023 14h17

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, criticou duramente os republicanos "MAGA" por sua recusa em votar em um teto de dívida federal mais alto, sinalizando que haverá pouca concessão da Casa Branca em uma reunião em 9 de maio com os líderes do Congresso.

Os republicanos estão "divididos" sobre o teto da dívida, disse Biden, falando antes de uma reunião sobre investimentos dos EUA na Casa Branca, e os chamados republicanos MAGA estão promovendo cortes "draconianos" no orçamento.

MAGA é o acrônimo para o slogan do ex-presidente Donald Trump "Make America Great Again".

“A última coisa que este país precisa é de uma crise fabricada”, disse ele.

Biden criticou os republicanos da Câmara dos Deputados por ameaçarem não aumentar o limite da dívida, a menos que Biden e os democratas concordem com cortes acentuados no próximo orçamento. "Os dois são totalmente independentes. Quando você paga a dívida ou não, isso não tem nada a ver com o seu orçamento", afirmou ele.

Republicanos e democratas deveriam "debater nossa visão do futuro" na frente do povo norte-americano, disse ele.

A reunião de 9 de maio na Casa Branca com o presidente da Câmara, o republicano Kevin McCarthy; o líder da minoria republicana, Mitch McConnell; e os principais democratas, dá início a algumas semanas frenéticas de negociação antes que os EUA fiquem sem dinheiro para pagar suas contas em 1º de junho.

(Reportagem de Trevor Hunnicutt)