IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Preços sobem na 6ª-feira, mas registram terceira queda semanal consecutiva

05/05/2023 16h59

Por Arathy Somasekhar

HOUSTON (Reuters) - Os preços do petróleo subiram nesta sexta-feira, mas caíram pela terceira semana consecutiva, após uma forte queda no início desta semana, antes dos aumentos das taxas de juros de referência e da preocupação de que a crise bancária dos EUA desacelere a economia e enfraqueça a demanda.

O petróleo Brent fechou com alta de 2,80 dólares, ou 3,9%, a 75,30 dólares o barril. O petróleo nos EUA (WTI) subiu 2,78 dólares, ou 4,1%, a 71,34 dólares, após quatro dias de quedas que levaram o contrato a mínimas vistas pela última vez no final de 2021.

O Brent encerrou a semana com queda de cerca de 5,3%, enquanto o WTI despencou 7,1%, mesmo após a recuperação desta sexta-feira. Ambos os contratos de referência caíram por três semanas consecutivas pela primeira vez desde novembro.

"O petróleo está tentando reverter a recente queda nos preços desencadeada por taxas de juros mais altas e temores de recessão principalmente no setor bancário", disse Dennis Kissler, vice-presidente sênior de negociação da BOK Financial.

Para alguns analistas, os fundamentos do mercado físico são mais fortes do que o mercado futuro indicaria.

"Em vez de fundamentos subjacentes, o frenesi de vendas na semana que passou foi impulsionado por preocupações sobre a demanda ligada aos riscos de recessão e à tensão no setor bancário dos EUA", disse Stephen Brennock, analista do mercado de petróleo da PVM.

"O resultado é que há uma grande desconexão entre os saldos do petróleo e os preços do petróleo."

Os analistas do Commerzbank observaram que as preocupações com a demanda de petróleo foram exageradas e esperam uma correção de preço para cima nas próximas semanas.

(Reportagem de Arathy Somasekhar em Houston; Reportagem adicional de Shadia Nasralla e Andrew Hayley em Pequim)