IPCA
0,26 Set.2023
Topo

Ações da China fecham em baixa com temores de deflação

11/05/2023 07h47

XANGAI (Reuters) - As ações da China fecharam em baixa nesta quinta-feira, com a inflação ao consumidor lenta e dados mostrando maior deflação nos portões das fábricas sugerindo recuperação econômica desigual e alimentando preocupações sobre a queda dos preços.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,16%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,29%.

Os preços ao consumidor da China subiram no ritmo mais lento em mais de dois anos em abril, enquanto a deflação nos portões das fábricas se aprofundou, mostraram dados, sugerindo que mais estímulos podem ser necessários para impulsionar uma recuperação econômica irregular pós-Covid.

"As leituras moderadas da inflação sugerem que o ímpeto de recuperação pós-Covid continuou a enfraquecer em abril", disse Ting Lu, economista-chefe do Nomura para a China.

"A China provavelmente passará por um curto período de deflação do índice de preços ao consumidor nos próximos meses", disse Zhiwei Zhang, economista-chefe da Pinpoint Asset Management.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei teve variação positiva de 0,02%, a 29.126,72 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,09%, a 19.743 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,29%, a 3.309 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,16%, a 3.990 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,22%, a 2.491 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,81%, a 15.514 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,39%, a 3.229 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,05%, a 7.251 pontos.