IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Haddad diz que despesa crescerá menos de 50% do aumento da receita em 1º ano do novo marco fiscal

Fernando Haddad, ministro da Fazenda, durante audiência na Câmara - Vinicius Loures / Câmara dos Deputados
Fernando Haddad, ministro da Fazenda, durante audiência na Câmara Imagem: Vinicius Loures / Câmara dos Deputados

Fernando Cardoso

18/05/2023 13h18

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, comemorou a aprovação na Câmara dos Deputados do regime de urgência para o projeto do novo arcabouço fiscal e afirmou que no primeiro ano de vigência da medida a despesa vai crescer menos de 50% do crescimento da receita em todos os cenários projetados pela Receita Federal e pelo Tesouro.

Em entrevista a repórteres em São Paulo, Haddad afirmou ainda que está disponível para discutir mudanças no arcabouço com o relator da proposta na Câmara, deputado Cláudio Cajado (PP-BA), e líderes da Casa.

A aprovação do requerimento que confere regime de urgência para o projeto na quarta-feira, com margem folgada de votos, abriu caminho para a tramitação acelerada da proposta prioritária para o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.