IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Economistas adiam expectativa de corte de juros pelo Fed para 2024, mostra pesquisa

22/05/2023 09h41

Por Michael S. Derby

NOVA YORK (Reuters) - Economistas adiaram expectativas de quando o Federal Reserve cortará os juros dos Estados Unidos e elevaram projeções para a inflação e a força do mercado de trabalho norte-americanos, mostrou uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira.

Economistas agora acreditam que o banco central dos EUA, que está debatendo se precisa elevar os juros novamente, reduzirá a taxa no primeiro trimestre do ano que vem, de acordo com a pesquisa divulgada pela Associação Nacional de Economia Empresarial (Nabe).

Em fevereiro, os entrevistados da pesquisa viram o Fed cortando os juros nos últimos três meses deste ano. Os analistas mantiveram visão sobre o pico da taxa de juros, que está de acordo com a faixa atual entre 5% e 5,25%.

A pesquisa da Nabe mostrou que os entrevistados se dividiram sobre se a economia dos EUA entrará em recessão, embora a visão mediana da pesquisa indica níveis modestos de crescimento até 2024, com um aumento esperado de 0,4% entre o quarto trimestre de 2022 e os últimos três meses de 2023.

Os entrevistados aumentaram estimativa de inflação em 2023, vendo o índice de preços ao consumidor subir 3,3% do último trimestre de 2022 ao último trimestre de 2023, de acordo com a pesquisa. Em fevereiro, os entrevistados esperavam que a inflação subisse 3% no mesmo período.

A pesquisa também identificou perspectivas atualizadas para o mercado de trabalho, com os entrevistados agora dizendo que esperam a criação de uma média de 142 mil empregos por mês, ante 102 mil na pesquisa de fevereiro. A taxa de desemprego, atualmente em 3,4%, é projetada para uma média de 3,7% este ano, abaixo dos 3,9% da pesquisa de fevereiro.