IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Petróleo sobe com oferta apertada de gasolina e declaração de ministro saudita

23/05/2023 19h15

Por Shariq Khan

BENGALURU (Reuters) - Os preços do petróleo subiram nesta terça-feira com perspectiva de um mercado de gasolina mais apertado e diante de um alerta do ministro da Energia saudita aos especuladores que levantaram a possibilidade de novos cortes de produção pela Opep+.

O petróleo Brent subiu 0,85 dólar, ou 1,1%, para 76,84 dólares o barril, enquanto o petróleo nos Estados Unidos (WTI) fechou em 72,91 dólares o barril, alta de 0,86 dólar, ou 1,2%.

Ambos os contratos de referência ampliaram os ganhos para cerca de 2% nas negociações pós-mercado, depois que números do Instituto Americano do Petróleo (API, na sigla em inglês) mostraram uma grande queda nos estoques de petróleo e gasolina na semana passada, segundo fontes de mercado. [API/S]

Caso os dados oficiais de estoques da Administração de Informação de Energia (AIE), previstos para serem divulgados na quarta-feira, confirmem os números do API, os estoques de gasolina dos EUA terão caído pela terceira semana consecutiva, aos níveis mais baixos em um período pré-feriado de Memorial Day desde 2014.

O feriado do Memorial Day, a ser comemorado este ano em 29 de maio, marca tradicionalmente o início das viagens de verão nos EUA.

A Opep+ também ficou no radar. Os cortes de produção de alguns membros do grupo entram em vigor este mês, e temores de um novo aperto na oferta aumentaram após ministro da Energia da Arábia Saudita dizer aos vendedores a descoberto --que ganham com a queda dos preços-- para tomar "cuidado".

Os comentários podem significar que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados, incluindo a Rússia, considerarão novos cortes na produção em uma reunião em 4 de junho, disse Craig Erlam, analista da OANDA.

(Reportagem adicional de Alex Lawler, Yuka Obayashi em Tóquio e Andrew Hayley em Pequim)