IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Wall St recua com receio de calote em meio a impasse sobre teto da dívida

24/05/2023 10h40

Por Shreyashi Sanyal e Shristi Achar A

(Reuters) - Os principais índices de Wall Street caíam nesta quarta-feira, à medida que as negociações entre a Casa Branca e parlamentares republicanos sobre o aumento do teto da dívida norte-americana se arrastavam, alimentando preocupações sobre um calote sem precedentes do governo dos Estados Unidos.

A falta de sinais claros de progresso nas negociações sobre o aumento do limite de empréstimos de 31,4 trilhões de dólares antes do prazo de 1º de junho prejudicou o sentimento dos investidores, já que várias rodadas de negociações foram inconclusivas.

Todos os 11 principais índices setoriais do S&P 500 caíam nesta manhã, com os setores financeiro, de matérias primas e industrial recuando 1% cada.

"À medida que nos aproximamos do prazo até a falta de dinheiro nos EUA, os mercados vão ficar muito mais nervosos se o impasse continuar", disse Jamie Cox, sócio-gerente do Harris Financial Group.

Investidores também aguardam a ata da reunião do Federal Reserve de 2 e 3 de maio, às 15h (de Brasília), para avaliar a trajetória da taxa de juros do banco central norte-americano.

"Estamos neste ponto de inflexão em que haverá desacordo no Fomc (comitê definidor de juros do Fed), e você provavelmente deve começar a ver isso aparecer nas atas", disse Cox, acrescentando que as autoridades podem estar divididas entre combater a inflação e seu impacto no economia após a crise bancária.

O Fed aumentou os juros em 0,25 ponto percentual em sua reunião de maio.

Às 11:44 (de Brasília), o índice S&P 500 perdia 0,73%, a 4.115,43 pontos, enquanto o Dow Jones caía 0,60%, a 32.858,76 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite recuava 0,99%, a 12.436,12 pontos.