IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Waller, do Fed, espera "aumentar" juros ou "pular" ajuste em junho, mas não vê fim do aperto

24/05/2023 13h32

O diretor do Federal Reserve Christopher Waller disse nesta quarta-feira que está preocupado com a falta de progresso no combate à inflação e, embora seja possível pular um aumento da taxa de juros na reunião do banco central dos EUA no próximo mês, um fim para a campanha de aperto não é provável.

"Não apoio a interrupção dos aumentos de juros, a menos que tenhamos evidências claras de que a inflação está caindo em direção ao nosso objetivo de 2%", disse Waller em comentários preparados para um evento do Projeto de Previsão Econômica da Universidade da Califórnia em Santa Bárbara. "Mas se devemos aumentar ou pular a reunião de junho dependerá de como os dados chegarão nas próximas três semanas."

Particularmente crítico, disse ele, serão mais duas leituras de inflação, bem como dados sobre um mercado de trabalho "muito apertado" e salários que estão subindo rápido demais para serem consistentes com preços estáveis.

A evolução das condições de crédito desde a série de colapsos de bancos regionais que começou em março também ajudará a formar seus pontos de vista, disse Waller. "Precisamos manter a flexibilidade sobre a melhor decisão a ser tomada em junho."

No entanto, acrescentou, mesmo que se justifique pular uma alta de juros na reunião de 13 e 14 de junho, "uma gestão de risco prudente sugeriria pular uma alta na reunião de junho, mas inclinar-se para uma alta em julho com base nos dados de inflação recebidos".

(Por Ann Saphir)