Westwing elege novos conselheiros e colocará em assembleia pedido de limitação de poder de voto

SÃO PAULO (Reuters) - A varejista online de móveis e artigos de decoração Westwing divulgou nesta sexta-feira que seu conselho de administração aprovou a indicação de novos conselheiros e pedido para assembleia para discussão de mecanismo que limita o poder de voto dos acionistas.

O pedido feito por acionistas que incluem Oikos Fundo de Investimento Multiestratégias e Kapitalo Investimentos envolve criação de regra no estatuto da companhia para que nenhum acionista possa exercer votos em número maior a 15% do total de ações da empresa.

Além disso, o conselho aprovou a eleição de Mauro Rodrigues da Cunha, Marcelo Cabral Bernabé e Ricardo Magalhães Gomes como membros do conselho de administração, nos lugares de Fábio Martins Maranhão, Renata Malta Canto Porto e Marcelo Ribeiro Pimentel, que renunciaram.

O presidente do conselho de administração da empresa, Marcello Eduardo Guimarães Adrião Rodrigues, também aceitou renunciar ao cargo mediante a eleição de substituto, mas manterá cadeira no colegiado da companhia.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Deixe seu comentário

Só para assinantes