Nasdaq e S&P 500 tombam com queda de ações de tecnologia após alta de yields dos Treasuries

Por David French

(Reuters) - Os índices Nasdaq e S&P 500 fecharam em baixa nesta sexta-feira, e ambos registraram declínios semanais pela segunda semana consecutiva, depois que dados de preços ao produtor dos Estados Unidos mais fortes do que o esperado impulsionaram os rendimentos dos Treasuries e pressionaram ações de crescimento e megacapitalização sensíveis aos juros.

O Dow Jones fechou o dia em alta e avançou 0,6% na semana. Foi a primeira vez em 2023 que o Nasdaq caiu em duas semanas seguidas. O S&P 500 encerrou a semana em queda de 0,3%, com o Nasdaq em baixa de 1,9%.

O governo dos EUA apontou que o índice de preços ao produtor dos EUA subiu 0,8% nos 12 meses anteriores a julho, ante um aumento de 0,2% no mês anterior, com o avanço dos custos dos serviços. Economistas consultados pela Refinitiv esperavam um ganho de 0,7%.

A alta dos Treasuries pesou sobre os grandes nomes da tecnologia, já que a alta taxa de juros pode desacelerar a economia norte-americana e prejudicar a capacidade dessas empresas de atingir as projeções de crescimento que as levaram a avaliações premium. Juros mais elevados também podem tornar os títulos com juros uma alternativa atraente às ações para alguns investidores com aversão ao risco.

O Dow Jones subiu 0,3%, para 35.281,4 pontos. O S&P 500 perdeu 0,11%, para 4.464,05 pontos. O Nasdaq caiu 0,56%, para 13.644,85 pontos.

Entre os principais setores do S&P 500, os de saúde e energia avançaram. Ambos estão entre os setores com pior desempenho neste ano, embora o setor de energia tenha igualado seu melhor desempenho neste ano, fechando em alta pela sétima sessão consecutiva.

Deixe seu comentário

Só para assinantes