Dados de inflação estão em linha com expectativa do BC e mercado de trabalho não gera pressão, diz Galípolo

BRASÍLIA (Reuters) - O diretor de Política Monetária do Banco Central, Gabriel Galípolo, disse nesta sexta-feira que os dados de inflação brasileiros vieram um pouco mais fortes recentemente, mas com o número principal pior que o aspecto qualitativo, num comportamento em linha com o que a autarquia imaginava.

Falando em evento da XP, Galípolo disse que o mercado de trabalho ainda não está gerando pressão para preços.

O diretor notou ainda um "descolamento" dos ativos brasileiros nos últimos dias, sob impacto de temores fiscais e de Orçamento, mas ponderou que especulações sobre a taxa de juros dos Estados Unidos são um elemento que tem dominado o comportamento do mercado nas semanas recentes, bem mais que fatores domésticos.

(Por Bernardo Caram)

Deixe seu comentário

Só para assinantes