Mester, do Fed, diz que mercado de trabalho continua forte, apesar de sinais de arrefecimento

Por Michael S. Derby

NOVA YORK (Reuters) - A presidente do Federal Reserve de Cleveland, Loretta Mester, disse nesta sexta-feira que o mercado de trabalho norte-americano continua forte, apesar dos sinais de maior equilíbrio, ao mesmo tempo em que observou que as futuras decisões sobre a taxa de juros serão tomadas com base nos dados recebidos.

"No mercado de trabalho, estão sendo feitos alguns progressos para equilibrar melhor a demanda e a oferta, mas o mercado de trabalho continua forte", disse Mester em um texto de discurso, acrescentando que "o crescimento do emprego desacelerou e as vagas de emprego diminuíram, mas a taxa de desemprego está baixa, em 3,8%"

As declarações de Mester foram conhecidas logo após a divulgação dos dados de contratação de agosto, que mostraram alguns sinais de arrefecimento no setor de empregos. Embora a economia tenha criado 187 mil empregos no mês passado, a taxa de desemprego subiu de 3,5% em julho para 3,8% em agosto, o que foi mais alto do que os economistas esperavam.

As futuras decisões sobre as taxas do Fed "exigirão um monitoramento rigoroso dos desenvolvimentos econômicos, bancários e do mercado financeiro e o uso de todo esse reconhecimento econômico para determinar se a economia está evoluindo de acordo com as perspectivas ou não", disse ela.

Deixe seu comentário

Só para assinantes