Volkswagen está pronta para banir carros movidos a combustíveis fósseis na Europa em 2035, diz CEO

MUNIQUE (Reuters) - A Volkswagen está pronta para a eliminação planejada para 2035, na Europa, de novas vendas de carros movidos a combustíveis fósseis, à medida que aumenta sua linha de veículos elétricos, disse o presidente-executivo Oliver Blume na feira de mobilidade IAA, em Munique.

"Estamos preparados para a eliminação da combustão em 2035 na Europa", disse Blume a repórteres no salão do automóvel.

Ele disse que, por meio de suas parcerias na China, a segunda maior montadora do mundo poderá reduzir os custos de suas baterias por meio de uma redução de 50% no valor das células.

As montadoras europeias estão sob pressão das montadoras chinesas de veículos elétricos, que desenvolveram modelos mais baratos e mais amigáveis ao consumidor na China e agora estão se expandindo para a Europa.

"Acho que temos grandes chances", disse Blume. "Sabemos como criar carros, com alta qualidade. Teremos que trabalhar duro na questão dos custos."

(Reportagem de Jan Schwartz)

Deixe seu comentário

Só para assinantes