Via lança oferta primária de ações de olho em levantar R$1 bi

SÃO PAULO (Reuters) - O grupo de varejo Via lançou nesta terça-feira uma oferta primária subsequente de ações, com expectativa de levantar cerca de 1 bilhão de reais que serão usados para melhoraria da estrutura de capital da empresa.

A oferta consiste de 778,65 milhões de ações que terão como chamariz a entrega de quatro bônus de subscrição para cada cinco ações subscritas na oferta, afirmou a Via.

A Via afirmou que o valor que pretende levantar com a oferta, de 981 milhões de reais, não considera o valor dos bônus de subscrição.

A precificação da oferta está prevista para 13 de setembro, com a Via afirmando que o cálculo vai considerar, entre outros fatores, a bonificação, que vai envolver emissão de até 622,9 milhões de bônus.

Cada bônus de subscrição vai conferir ao seu titular direito de subscrever uma ação ordinária e poderá ser exercido no prazo de até 12 meses da liquidação da oferta. Eles serão registrados para negociação no mercado secundário.

Por conta da oferta, a Via afirmou ainda que decidiu descontinuar projeções financeiras.

Deixe seu comentário

Só para assinantes