Ações da China têm pouca variação antes de dados comerciais

Por Summer Zhen

HONG KONG (Reuters) - As ações da China e de Hong Kong recuperaram parte das perdas iniciais e fecharam com pouca variação nesta quarta-feira, com os investidores aguardando dados da balança comercial para obter pistas sobre a saúde da segunda maior economia do mundo.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou com queda de 0,22%, enquanto o índice de Xangai avançou 0,12%. O índice Hang Seng, de Hong Kong, recuou 0,04%.

A China vai divulgar seus dados comerciais de agosto na quinta-feira. A expectativa é de que tanto as exportações quanto as importações tenham contraído ainda mais na comparação anual, mas em um ritmo mais lento.

Isso ocorrerá após um declínio notável no Índice de Gerentes de Compras de agosto para o setor de serviços do Caixin/S&P Global, publicado na terça-feira, indicando que é necessário um estímulo maior para reanimar a economia.

Os atuais problemas econômicos da China são causados por fatores cíclicos e estruturais, e exigem medidas em ambas as frentes, disse Wang Tao, economista-chefe do UBS para a China.

Por outro lado, as incorporadoras imobiliárias do continente listadas em Hong Kong saltaram 3,6%, já que os investidores apostam em mais medidas de flexibilização para o setor.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,62%, a 33.241 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,04%, a 18.449 pontos.

Continua após a publicidade

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,12%, a 3.158 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,22%, a 3.812 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,73%, a 2.563 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,32%, a 16.738 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,12%, a 3.222 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,78%, a 7.257 pontos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes