Ações da China fecham em baixa com redução do otimismo e enfraquecimento do iuan

XANGAI (Reuters) - As ações da China fecharam em queda nesta sexta-feira, com o otimismo dos investidores em relação à segunda maior economia do mundo diminuindo após a política de estímulo das autoridades, enquanto o enfraquecimento do iuan pressionou ainda mais o mercado acionário.

Enquanto isso, a bolsa de Hong Kong disse que as negociações nos mercados de títulos e derivativos nesta sexta-feira foram canceladas devido a um alerta de tempestade.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou com queda de 0,49%, enquanto o índice de Xangai caiu 0,18%.

Na semana, o índice CSI300 perdeu 1,4% e o índice Hang Seng de Hong Kong caiu 1%.

Os números da balança comercial divulgados na quinta-feira mostraram uma possível estabilização na desaceleração da China, mas economistas disseram que a economia chinesa ainda corre o risco de não atingir a meta de crescimento anual de Pequim, de cerca de 5%. Algumas das recentes medidas de flexibilização podem ter pouco impacto sobre a economia em desaceleração, acrescentaram.

O iuan caiu nesta sexta-feira para seu ponto mais fraco desde dezembro de 2007, atingido por pressões de saída de capital e uma diferença de rendimento com as principais economias, especialmente os Estados Unidos.

As ações de empresas de energia e de mídia terminaram em queda de 1,4% e 2,3%, respectivamente.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 1,16%, a 32.606 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG não teve operações.

Continua após a publicidade

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,18%, a 3.116 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,49%, a 3.739 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,02%, a 2.547 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,26%, a 16.576 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,58%, a 3.207 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,20%, a 7.156 pontos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes