Casino propõe início de conversas para compra de fatia do GPA na Cnova

SÃO PAULO (Reuters) -O GPA anunciou nesta sexta-feira que seu controlador, o francês Casino, propôs início de negociações para compra da participação indireta detida pelo grupo de varejo brasileiro na empresa de comércio eletrônico Cnova, segundo fato relevante ao mercado.

O GPA, dono da bandeira Pão de Açúcar, afirmou que o Casino propõe acertar a compra por meio de uma unidade da empresa por um preço a ser definido com base "em metodologias usuais de avaliação financeira". O GPA detém indiretamente 34% do capital da Cnova.

A companhia brasileira afirmou que montou um comitê formado pelos três membros independentes do conselho de administração para avaliar e negociar os termos com o Casino.

O anúncio ocorreu no mesmo dia em que o Casino obteve na França período de suspensão de pagamento de obrigações de dívida de unidades da empresa e um dia depois que a bolsa de Paris anunciou a saída das ações da empresa do SBF-120, índice que reúne as maiores companhias listadas no mercado, em 15 de setembro.

Em julho, o Casino fez acordo com o bilionário tcheco Daniel Kretinsky para reestruturação de sua dívida.

O GPA afirmou que o comitê terá auxílio de "assessores legais e financeiros independentes" contratados para avaliar a proposta do Casino, "inclusive para emissão de 'fairness opinion'".

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Deixe seu comentário

Só para assinantes