S&P e Nasdaq sobem com ganhos de megacaps antes de dados de inflação

(Reuters) - O S&P 500 e o Nasdaq subiam nesta sexta-feira com ganhos de empresas de megacapitalização, incluindo Apple e Tesla, antes de uma nova leitura da inflação na próxima semana que fornecerá mais pistas sobre a trajetória da taxa de juros dos Estados Unidos.

Os rendimentos dos Treasuries caíam nesta sexta-feira, ajudando a impulsionar as principais ações de crescimento, com a Tesla e a Meta liderando os ganhos com alta de cerca de 1,6% cada.

As ações da Apple subiam 1,3% depois de dois dias de vendas com a notícia de que Pequim ordeou que os funcionários do governo central parem de usar iPhones nos locais de trabalho.

Os analistas de Wall Street veem um pequeno impacto na receita da Apple este ano devido às restrições, com o Morgan Stanley dizendo que o pior cenário seria uma queda de 4%.

O setor de tecnologia da informação do S&P 500 subia 0,7%, com a Adobe ganhando 1,0% depois que a Mizuho elevou a empresa de software de "neutra" para "compra".

Energia era o setor que mais ganhava entre os principais setores do S&P 500, com alta de 0,7%, impulsionado por ganhos de 1,0% na Conocophillips depois que a corretora Erste Group elevou a recomendação da produtora de petróleo e gás para "compra".

O S&P 500 e o Nasdaq caem mais de 1% esta semana, já que dados de atividade de serviços mais fortes do que o esperado e uma queda nos pedidos semanais de auxílio-desemprego alimentaram preocupações de que o Federal Reserve poderia manter as taxas de juros mais altas por mais tempo.

"Este mês de setembro, até o momento, tomou o caminho de uma perspectiva negativa para as taxas, o que significa que o Fed provavelmente continuará a aumentar os juros para combater o crescimento obstinado da economia dos EUA", disse Peter Andersen, fundador da Andersen Capital Management.

Às 11:37 (de Brasília), o índice S&P 500 ganhava 0,37%, a 4.467,78 pontos, enquanto o Dow Jones subia 0,26%, a 34.590,44 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançava 0,64%, a 13.837,44 pontos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes