Ações da China sobem com novas medidas de estímulo

Por Samuel Shen e Summer Zhen

(Reuters) - As ações da China subiram nesta segunda-feira, impulsionadas por novos estímulos do governo e pela melhora dos dados de crédito, mas os setores de tecnologia e imobiliário pressionaram o mercado de Hong Kong para baixo.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou com alta de 0,74%, enquanto o índice de Xangai avançou 0,84%. O índice Hang Seng, de Hong Kong, teve queda de 0,58%, marcando a quarta sessão consecutiva de perdas.

Os novos empréstimos bancários na China superaram as expectativas ao quase quadruplicarem em agosto em relação ao nível de julho. No sábado, dados do governo mostraram que os preços ao consumidor voltaram a subir em agosto.

O órgão regulador financeiro da China reduziu no domingo a ponderação de risco que atribui às carteiras de seguradoras em ações de blue-chips e de tecnologia.

"Essa modulação estratégica nos fatores de risco significa uma porta de entrada ampliada para que as seguradoras canalizem mais recursos ao mercado de capitais", escreveu Tommy Xie, analista do OCBC Bank.

A partir desta segunda-feira, os investidores poderão tomar mais dinheiro emprestado das corretoras para comprar ações usando o mesmo valor de garantia, e espera-se que essa medida injete cerca de 400 bilhões de iuanes (54,70 bilhões de dólares) de capital novo no mercado.

As incorporadoras do continente listadas em Hong Kong caíram 1,8%, com sinais de que as vendas de imóveis na China continuam lentas, apesar de uma série de medidas de apoio.

O índice de tecnologia do Hang Seng Tech reduziu as perdas iniciais e fechou em queda de 0,2%, uma vez que o Alibaba Group caiu acentuadamente após a saída inesperada do presidente-executivo Daniel Zhang do negócio de nuvem.

Continua após a publicidade

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,43%, a 32.467 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,58%, a 18.096 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,84%, a 3.142 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,74%, a 3.767 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,36%, a 2.556 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,86%, a 16.432 pontos.

Continua após a publicidade

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,33%, a 3.218 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,50%, a 7.192 pontos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes