Ações europeias caem pressionadas por SAP enquanto investidores aguardam inflação nos EUA e reunião do BCE

Por Bansari Mayur Kamdar e Shashwat Chauhan

(Reuters) - As ações europeias caíram nesta terça-feira, pressionadas pela fabricante alemã de software SAP após uma previsão fraca da empresa de tecnologia norte-americana Oracle, com investidores mostrando cautela antes de dados de inflação dos EUA e da decisão de política monetária do Banco Central Europeu.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em queda de 0,18%, a 455,40 pontos, com o setor de recursos básicos perdendo 0,5% já que os preços da maioria dos metais básicos caíram devido a um dólar mais forte.

A SAP registrou queda de 1,8% depois que a Oracle projetou uma receita para o trimestre atual abaixo das metas de Wall Street, já que as condições econômicas difíceis pressionaram os gastos das empresas com computação em nuvem.

Os operadores do mercado monetário elevaram lentamente suas apostas em outro aumento da taxa de juros pelo BCE antes da decisão de política monetária do banco central na quinta-feira.

Operadores precificavam uma chance de 50% de que o BCE aumente as taxas em 25 pontos-base, para 4%, na quinta-feira.

Os investidores também estão aguardando os dados de inflação dos EUA na quarta-feira, que podem ajudar a moldar as expectativas sobre o pico das taxas de juros globais.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,41%, a 7.527,53 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,54%, a 15.715,53 pontos.

Continua após a publicidade

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,35%, a 7.252,88 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,21%, a 28.584,58 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,21%, a 9.455,40 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,04%, a 6.153,34 pontos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes