Saudita Aramco concorda em comprar chilena Esmax

CAIRO (Reuters) - A gigante de petróleo da Arábia Saudita, Aramco, concordou em comprar a distribuidora chilena de combustíveis Esmax do Southern Cross Group, informou a empresa em um comunicado na sexta-feira.

A Esmax distribui combustível da Petrobras no Chile.

Em 2016, a Petrobras concordou em vender seus ativos no Chile para uma empresa controlada por fundo de private equity administrado pelo Ameris Capital e no qual o Southern Cross Group é o principal contribuinte.

O Ameris disse que esperava que as condições de aprovação fossem atendidas até o quarto trimestre de 2023.

"A transação está sujeita a certas condições habituais, incluindo aprovações regulatórias", acrescentou o comunicado.

Em 2022, a Esmax registrou uma receita equivalente a 2,5 bilhões de dólares e um lucro de 57,7 milhões de dólares.

(Reportagem de Enas Alashray e Alaa Swilam no Cairo e Fabian Cambero em Santiago)

Deixe seu comentário

Só para assinantes