Ações ficam estáveis após setor de energia limitar perdas, com decisões de BCs no foco

Por Bansari Mayur Kamdar e Shashwat Chauhan

(Reuters) - As ações europeias encerraram praticamente estáveis nesta terça-feira, na medida em que ganhos nos papéis de energia compensaram perdas no setor industrial, com investidores adotando cautela antes de uma série de decisões de bancos centrais globais esta semana.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou com variação negativa de 0,04%, a 456,52 pontos.

Os papéis de companhias industriais estenderam perdas para uma segunda sessão consecutiva, com o Deutsche Post, da Alemanha, em queda de 6,5%.

Os investidores permaneciam cautelosos antes das decisões sobre taxas de juros dos principais bancos centrais esta semana, incluindo o Federal Reserve na quarta-feira e o Banco da Inglaterra, o Banco Nacional Suíço, o banco central da Suécia e o banco central da Noruega na quinta-feira.

Dados oficiais mostraram que a inflação ao consumidor da zona do euro em agosto foi ligeiramente inferior à inicialmente estimada, mas permaneceu mais do que o dobro da meta do Banco Central Europeu.

O setor de energia da Europa avançou 1,0%, depois que os preços do petróleo saltaram mais de 1% devido às crescentes preocupações com a oferta.

Ações imobiliárias também avançaram 1,0%, depois de caírem mais de 2% na sessão anterior.

As ações de tecnologia recuaram 0,6%, em baixa pela terceira sessão consecutiva.

Continua após a publicidade

O formulador de política monetária do BCE François Villeroy de Galhau disse que o banco central manteria as taxas de depósito em 4% pelo tempo que for necessário, depois de algumas autoridades com viés mais "hawkish" (agressivas contra a inflação) terem recentemente pedido que os juros permanecessem em níveis elevados por mais tempo, sem descartar um aumento adicional.

Em LONDRES, o índice Financial Times teve variação positiva de 0,09%, a 7.660,20 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,40%, a 15.664,48 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 teve variação positiva de 0,08%, a 7.282,12 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,60%, a 28.757,63 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,48%, a 9.527,20 pontos.

Continua após a publicidade

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,45%, a 6.154,55 pontos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes