Ações da China fecham em baixa com pessimismo sobre recuperação

XANGAI (Reuters) - As ações da China fecharam em queda nesta quarta-feira, em meio às preocupações com a segunda maior economia do mundo apesar de dados da semana passada terem sido melhores do que o esperado, e com as vendas de investidores estrangeiros também pesando sobre o sentimento do mercado.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou com queda de 0,4%, enquanto o índice de Xangai teve baixa 0,52%. O índice Hang Seng, de Hong Kong, caiu 0,62%.

Em linha com as expectativas do mercado, a China manteve as taxas de referência para empréstimos em uma fixação mensal.

A decisão foi tomada no momento em que dados econômicos mostraram que a economia chinesa está se recuperando após uma forte desaceleração, com a produção industrial e as vendas no varejo em agosto superando as expectativas do mercado.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,66%, a 33.023 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,62%, a 17.885 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,52%, a 3.108 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,40%, a 3.705 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,02%, a 2.559 pontos.

Continua após a publicidade

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,61%, a 16.534 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,04%, a 3.242 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,46%, a 7.163 pontos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes