Montadora chinesa Nio levanta US$1 bi em transação de títulos conversíveis

Por Scott Murdoch

SYDNEY (Reuters) - A fabricante chinesa de veículos elétricos Nio disse nesta quarta-feira que levantou 1 bilhão de dólares em um título conversível de duas parcelas, com o qual pretende pagar dívidas e fortalecer seu balanço patrimonial.

A empresa levantou 500 milhões de dólares em um título conversível de seis anos e o mesmo valor em um título de sete anos. Os títulos serão sênior, sem garantia. O título de prazo mais curto tem uma taxa de juros de 3,875%, enquanto a taxa do título de sete anos é de 4,625%, disse a empresa em um anúncio na Bolsa de Valores de Hong Kong.

As ações da Nio em Hong Kong caíram 12% nas negociações da manhã desta quarta-feira, depois que a decisão final sobre o preço foi definida.

"A empresa planeja usar uma parte dos recursos líquidos da oferta de notas para recomprar uma parte dos títulos de dívida existentes... e o restante principalmente para fortalecer ainda mais sua posição no balanço patrimonial, bem como para fins corporativos gerais", disse a montadora.

A Nio disse no final de agosto que planejava lançar seu primeiro telefone celular de desenvolvimento próprio no final deste mês para melhorar o apelo de seus carros com melhor software e conectividade.

A Nio registrou um prejuízo líquido de 6,12 bilhões de iuanes (839,51 milhões de dólares) no segundo trimestre, contra um prejuízo de 2,75 bilhões de iuanes no período correspondente do ano anterior.

Deixe seu comentário

Só para assinantes