Presidente diz que Banco da Inglaterra vai observar "de perto" necessidade de novos aumentos de juros

LONDRES (Reuters) - O presidente do Banco da Inglaterra, Andrew Bailey, disse nesta quinta-feira que o banco central vai observar atentamente para ver se novos aumentos na taxa de juros serão necessários.

"Vamos observar atentamente para ver se serão necessários novos aumentos", disse Bailey depois que o Bancio da Inglaterra decidiu manter a taxa de juros em 5,25%, interrompendo sua longa série de aumentos.

"Precisaremos manter a taxa de juros alta por tempo suficiente para garantir que o trabalho seja feito. Aconteça o que acontecer, faremos o que for necessário para que a inflação volte ao normal."

(Reportagem de Muvija M)

Deixe seu comentário

Só para assinantes