S&P 500 e Nasdaq se recuperam com queda dos rendimentos dos Treasuries; Ford sobe

Por Ankika Biswas e Shristi Achar A

(Reuters) - O S&P 500 e o Nasdaq mostravam recuperação nesta sexta-feira, com os rendimentos dos Treasuries recuando de máximas de vários anos, enquanto as ações da Ford saltavam com a notícia de progresso nas negociações trabalhistas com o sindicato dos trabalhadores.

A Ford Motor avançava 2,5% depois que a Reuters informou que o sindicato United Auto Workers (UAW) estava prestes a anunciar o progresso nas negociações de contratos de trabalho com a montadora.

O setor de bens de consumo discricionário, que abriga a montadora, subia 0,4%.

Os rendimentos dos Treasuries recuavam depois de atingirem novos picos na quinta-feira, impulsionando a recuperação de algumas ações de crescimento, incluindo Apple, Amazon.com, Nvidia e Tesla, com alta entre 0,2% e 2,7%.

As preocupações com outro aumento da taxa de juros nos EUA em 2023 e as perspectivas de um adiamento no afrouxamento da política monetária derrubaram os três principais índices em mais de 1% na quinta-feira.

Apesar da ligeira recuperação, o índice de referência S&P 500 e o Nasdaq estavam a caminho de sua pior semana desde março, depois que o banco central dos EUA fez uma pausa "hawkish" na quarta-feira, diminuindo as expectativas de afrouxamento da política monetária antes de 2025.

Às 11:43 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,08%, a 34.097,18 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 0,31%, a 4.343,43 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançava 0,5%, a 13.289,60 pontos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes