Nissan diz que novos modelos de veículos para Europa serão totalmente elétricos

Por Nick Carey

LONDRES (Reuters) - A Nissan disse nesta segunda-feira que todos os seus novos modelos europeus serão totalmente elétricos e que planeja vender apenas veículos elétricos no continente até 2030, juntando-se a um número crescente de montadoras que planejam a transição para o elétrico até o final da década.

"Não há como voltar atrás agora", disse o presidente-executivo da Nissan, Makoto Uchida, em comunicado.

A montadora japonesa disse que um dos dois novos modelos de veículos elétricos já confirmados para a Europa será fabricado em sua unidade de Sunderland, na Inglaterra.

As montadoras estão reclamando que o não cumprimento das "regras de origem" acordadas no Brexit com a União Europeia pode levar a tarifas de 10% sobre os veículos elétricos comercializados entre o bloco e o Reino Unido já em janeiro.

Mas o presidente da Nissan para a África, Oriente Médio, Índia, Europa e Oceania, Guillaume Cartier, disse a repórteres que os carros fabricados em Sunderland atenderão a essas regras.

Mais cedo este ano, a Nissan elevou suas metas para modelos elétricos conforme tenta recuperar o atraso em um segmento dominado por recém-chegados, como Tesla, afirmando que lançará 19 novos modelos de veículos elétricos até 2030.

Deixe seu comentário

Só para assinantes