Wall Street mostra fraqueza por preocupações persistentes com juros elevados

Por Ankika Biswas e Shashwat Chauhan

(Reuters) - Os principais índices de ações dos Estados Unidos mostravam fraqueza nesta segunda-feira, já que as preocupações com a taxa de juros elevada por período prolongado mantinham o rendimento do Treasury de 10 anos em alta.

Enquanto isso, os investidores aguardavam dados econômicos e comentários das autoridades de política monetária do Federal Reserve ao longo da semana.

O S&P 500 e o Nasdaq caíram para seu nível mais baixo desde junho enquanto o Dow Jones recuou para uma mínima em dois meses no início das negociações. Nos últimos dias de setembro, os índices também caminhavam para suas primeiras quedas trimestrais até o momento neste ano.

A incerteza em torno da perspectiva para a taxa de juros, incluindo um possível aumento até o final do ano e as expectativas de menos cortes no próximo ano, empurrou o rendimento do Treasury de 10 anos para um pico de 16 anos, prejudicando as ações de crescimento.

Alphabet, Microsoft, Tesla e Meta permaneciam sob pressão nesta segunda-feira, perdendo entre 0,2 e 0,7%.

Os setores de bens de consumo básicos e de serviços públicos eram os mais afetados entre os principais índices setoriais do S&P 500, enquanto o de energia era o que mais ganhava.

Os investidores agora monitorarão os dados sobre bens duráveis e o índice de preços PCE --indicador de inflação preferido do Fed--, o PIB do segundo trimestre e os comentários das autoridades de política monetária do Fed, incluindo o chair Jerome Powell, no decorrer da semana.

Às 11:30 (de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,44%, a 33.815,26 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,04%, a 4.318,41 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite operava estável, a 13.212,03 pontos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes