Governo destina R$140 mi para dragagens nos rios Solimões e Madeira

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) - O Ministério dos Transportes informou nesta terça-feira que pretende destinar 140 milhões de reais para a dragagem de trechos dos rios Solimões e Madeira, em meio à seca que atinge a região Norte do país.

O ministro Renan Filho assinou a liberação de 40 milhões de reais para a dragagem -- limpeza e remoção de material do fundo do rio -- na hidrovia do Solimões, no trecho entre as cidades de Tabatinga e Benjamin Constant, no Amazonas, segundo o ministério.

A dragagem será executada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) assim que a draga, embarcação utilizada no serviço, chegar ao local, e deve durar até 45 dias, de acordo com a pasta.

Além disso, mais 100 milhões de reais de orçamento do ministério estão disponíveis para dragagens na área do Tabocal e na foz do rio Madeira, mas a liberação dos recursos ainda depende da conclusão de alguns estudos, conforme a pasta.

Só no Amazonas, 15 dos 62 municípios do Estado estão em situação de emergência por causa da estiagem na região, segundo a Defesa Civil estadual.

Deixe seu comentário

Só para assinantes