Ações da China fecham em leve alta com sinais de recuperação e promessas de estímulo

XANGAI (Reuters) - As ações da China subiram nesta quarta-feira depois que dados mostraram que os declínios nos lucros industriais estavam diminuindo devido às medidas de apoio, com a promessa do banco central de reforçar a recuperação também ajudando o sentimento.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou com alta de 0,21%, enquanto o índice de Xangai teve ganho 0,16%. O índice Hang Seng, de Hong Kong, subiu 0,83%.

Os lucros das empresas industriais da China caíram 11,7% nos primeiros oito meses do ano em relação ao ano anterior, diminuindo ante uma contração de 15,5% nos primeiros sete meses, o que sugere que uma recuperação modesta está começando a se enraizar em algumas empresas.

O banco central da China disse que intensificará os ajustes e implementará a política monetária de forma "precisa e vigorosa" para dar suporte a uma economia cuja recuperação está melhorando com "impulso crescente".

"Continuamos a esperar um corte de 25 pontos-base na taxa de compulsório e um corte de 10 pontos na taxa de juros no quarto trimestre, bem como aumento do uso de ferramentas estruturais de política monetária, como o reempréstimo, para facilitar a extensão do crédito e promover o crescimento econômico", disse o Goldman Sachs em uma nota.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,18%, a 32.371 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,83%, a 17.611 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,16%, a 3.107 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,21%, a 3.700 pontos.

Continua após a publicidade

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,09%, a 2.465 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,21%, a 16.310 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,47%, a 3.200 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,11%, a 7.030 pontos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes