Banco Mundial traça planos para ampliar empréstimos em mais de US$100 bi em uma década

Por Andrea Shalal e David Lawder

WASHINGTON (Reuters) - O Banco Mundial propôs nesta quinta-feira medidas que aumentariam seus empréstimos para países em desenvolvimento em mais 100 bilhões de dólares ao longo de uma década, como parte de uma reforma em andamento que visa ajudar o banco a expandir sua missão para incluir as mudanças climáticas.

Em um relatório de 24 páginas para o comitê ministerial conjunto que supervisiona o banco e o Fundo Monetário Internacional (FMI), a administração do banco disse que pedirá aos acionistas que aprovem uma medida de capital híbrido e uma nova plataforma de garantia de portfólio que, juntas, poderão aumentar os empréstimos em mais de 100 bilhões de dólares.

Esse montante se somaria a medidas que já estão sendo implementadas e que aumentarão os empréstimos do banco aos países em desenvolvimento em até 50 bilhões de dólares.

Deixe seu comentário

Só para assinantes