BC quer buscar solução estrutural para rotativo do cartão em reunião com "todos os envolvidos", diz Campos Neto

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse nesta quinta-feira que a autarquia quer promover, dentro de 90 dias, uma reunião entre todos os atores envolvidos na questão do rotativo do cartão de crédito para buscar uma solução mais estrutural para o tema.

Sobre o parcelamento de compras sem juros, Campos Neto disse que a questão será discutira no Conselho Monetário Nacional, e ressaltou que "todo mundo" tem que ceder um pouco.

Em agosto, Campos Neto chegou a indicar que a modalidade de crédito via rotativo do cartão poderia ser extinta, mas depois disse não ter detalhes sobre a questão e enfatizou que a ideia é que faturas de cartão não pagas caiam direto no crédito parcelado, e não no rotativo.

(Reportagem de Bernardo Caram)

Deixe seu comentário

Só para assinantes