ONS amplia intercâmbio de energia do Nordeste com outras regiões a 10.800 MW

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou nesta quinta-feira que ampliou os limites de exportação de energia do Nordeste para os subsistemas Sudeste/Centro-Oeste e Norte a 10.800 megawatts (MW), frente ao patamar anterior de 8.000 MW.

O envio de energia gerada no Nordeste havia sido limitado pelo órgão como uma medida de seguração das operações da rede elétrica depois do apagão registrado em 15 de agosto.

Na véspera, o ONS adiantou à Reuters que aumentaria nesta semana o intercâmbio de energia do Nordeste para o Sudeste, principal centro de consumo de energia do país, e que uma normalização só deve ocorrer em meados de 2024, com a implementação de medidas pelos agentes para evitar novas ocorrências como o apagão.

Os novos limites ainda são inferiores aos praticados nos períodos anteriores a 15 de agosto, segundo o ONS.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

Deixe seu comentário

Só para assinantes