Wall St avança após dados de inflação nos EUA apoiarem expectativas de pausa nos juros

Por Shashwat Chauhan e Shristi Achar A

(Reuters) - Os principais índices de Wall Street subiam nesta sexta-feira, depois que uma leitura mais fraca do que o esperado do índice PCE de inflação manteve vivas as expectativas de uma pausa nos aumentos dos juros pelo Federal Reserve, embora eles estejam a caminho de registrar quedas trimestrais.

Um relatório do Departamento de Comércio mostrou que o índice de preços de PCE, considerado o indicador de inflação preferido do Fed, subiu 0,4% em agosto em relação ao mês anterior, contra estimativas de um aumento de 0,5%.

Excluindo os componentes voláteis de alimentos e energia, o núcleo do índice PCE aumentou 0,1% em agosto na comparação mensal, contra estimativas de um avanço de 0,2%.

"Esses números são muito, muito bons. Mesmo que a queda não seja espetacular, ela está na direção certa", disse Kim Forrest, diretora de investimentos da Bokeh Capital Partners.

"Estou muito otimista de que a inflação continue a diminuir e que o Fed observe isso em seu raciocínio sobre a taxa de juros."

As apostas dos operadores de que a taxa referencial de juros permanecerá inalterada em novembro e dezembro eram de 85% e 67%, respectivamente, de acordo com a ferramenta FedWatch da CME.

O rendimento das notas do Tesouro de dois e dez anos caía, levando as ações de empresas de crescimento, incluindo Apple, Microsoft, Tesla, Alphabet, Amazon.com e Nvidia, a avançar entre 1,3% e 3,0%.

Às 11:41 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,13%, a 33.711,61 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 0,37%, a 4.315,66 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançava 0,85%, a 13.313,61 pontos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes