Arábia Saudita e outros países árabes reafirmam compromisso com ajustes na produção de petróleo

(Reuters) - Barein, Iraque, Kuwait, Omã, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos reafirmaram compromisso com "ajustes voluntários coletivos e individuais" na produção de petróleo, informou a agência de notícias estatal saudita neste domingo.

Os ministros do petróleo dos seis países se reuniram à margem do evento da semana climática MENA da ONU em Riad neste domingo.

"Além disso, os ministros reiteraram a disposição dos países da Declaração de Cooperação (DoC) de tomarem medidas adicionais a qualquer momento em seus esforços contínuos para apoiar a estabilidade do mercado, com base na forte coesão da OPEP+", disse a agência de notícias estatal saudita SPA.

A OPEP+ concordou em junho em estender os cortes voluntários de produção de petróleo introduzidos pela primeira vez em abril até o final de 2024. Os cortes voluntários adicionais da Arábia Saudita e da Rússia se estendem até o final de 2023 e estão sujeitos à revisão mensal.

Os ministros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados liderados pela Rússia, conhecidos como OPEP+, não alteraram na quarta-feira a política de produção de petróleo do grupo, depois que a Arábia Saudita e a Rússia disseram que manteriam os cortes voluntários de fornecimento para apoiar o mercado.

(Por Hatem Maher)

Deixe seu comentário

Só para assinantes