Petróleo recua com cautela de investidores diante de conflito no Oriente Médio

Por Paul Carsten

LONDRES (Reuters) - Os preços do petróleo caíam nesta terça-feira, depois de terem subido mais de 4% na sessão anterior, enquanto operadores observam cautelosos possíveis interrupções na oferta em meio a confrontos militares entre Israel e o grupo islâmico palestino Hamas.

O petróleo Brent caía 1,12%, para 87,16 dólares o barril, por volta de 11h40 (horário de Brasília), enquanto o petróleo bruto West Texas Intermediate (WTI) dos EUA caía 1,16% para 85,38 dólares o barril.

O Brent e o WTI subiram mais de 3,50 dólares na segunda-feira, enquanto os confrontos aumentavam temores de que o conflito pudesse se espalhar para além de Gaza. O Hamas lançou no sábado o maior ataque militar contra Israel em décadas, enquanto Israel atacou a Faixa de Gaza nesta terça-feira com os ataques aéreos mais violentos nos 75 anos de história do conflito com os palestinos.

"Ainda há muita incerteza nos mercados após os ataques em Israel no fim de semana", disseram analistas do ING nesta terça-feira, acrescentando que os mercados de petróleo estão agora precificando um prêmio de risco.

Embora Israel produza muito pouco petróleo bruto, os mercados temem que, se o conflito aumentar, poderá prejudicar o abastecimento do Oriente Médio e agravar o déficit esperado para o resto do ano.

(Reportagem de Paul Carsten em Londres e Jeslyn Lerh em Cingapura; Reportagem adicional de Arathy Somasekhar em Houston)

Deixe seu comentário

Só para assinantes