S&P 500 e Nasdaq caem conforme dados e geopolítica compensam resultados fortes

Por Sinéad Carew e Shashwat Chauhan e Ankika Biswas

(Reuters) - Os índices S&P 500 e Nasdaq fecharam em queda nesta sexta-feira, conforme dados fracos sobre a confiança do consumidor norte-americano e o conflito no Oriente Médio desestimularam apostas mais arriscadas e ofuscaram balanços trimestrais positivos de alguns dos maiores bancos dos Estados Unidos.

Os três principais índices de Wall Street abriram em alta, mas perderam terreno depois que uma leitura preliminar da confiança do consumidor dos EUA mostrou uma queda acentuada em outubro. O Dow Jones obteve um pequeno ganho.

Investidores também estavam monitorando as notícias do Oriente Médio. Nesta sexta-feira, Israel disse que realizou incursões dentro da Faixa de Gaza, seu primeiro anúncio de operações terrestres voltadas para os combatentes do Hamas depois de sua ação mortal em Israel. As Nações Unidas disseram que o pedido de Israel para que os civis de Gaza deixassem o local era impossível "sem consequências humanitárias devastadoras".

Entretanto, a menos que haja uma grande escalada na guerra do Oriente Médio, Lauren Goodwin, economista e estrategista de portfólio da New York Life Investments disse que não esperava que o humor de baixa demanda por risco desta sexta-feira fosse "indicativo do início de um mercado conturbado".

O Dow Jones subiu 0,12%, para 33.670,29 pontos. O S&P 500 perdeu 0,50%, para 4.327,78 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq caiu 1,23%, para 13.407,23 pontos.

No entanto, na semana, o S&P 500 registrou um ganho de 0,45%, seu segundo avanço semanal consecutivo. O Nasdaq caiu 0,18% na semana. O Dow Jones apresentou um ganho de 0,79%, interrompendo uma série de duas semanas de perdas.

Entre os 11 principais setores industriais do S&P, o de energia liderou os ganhos, com um avanço de 2,3%, devido ao aumento dos preços do petróleo. Setores defensivos, como o de serviços públicos, com alta de 1%, e o de bens de consumo básicos, com alta de 0,8%, também foram os que mais ganharam.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes