Minério de ferro recua com menor produção de aço e problemas imobiliários

PEQUIM (Reuters) - O minério de ferro recuou nesta quarta-feira, uma vez que a produção de aço abaixo do esperado e uma crise imobiliária prolongada alimentaram preocupações sobre as perspectivas de demanda no maior consumidor do mundo, embora a melhoria dos dados econômicos chineses tenha apoiado os preços no início da sessão.

O contrato janeiro do minério de ferro mais negociado na bolsa de Dalian da China encerrou as negociações diurnas em queda de 0,4%, a 861 iuanes (117,76 dólares) por tonelada, desistindo dos ganhos registrados no início da sessão.

A produção de aço bruto da China em setembro caiu 5% em relação a agosto e caiu 5,6% em relação ao ano anterior, mostraram dados oficiais, à medida que mais fabricantes de aço cortavam a produção devido aos altos preços das matérias-primas e à fraca demanda no maior produtor de aço do mundo.

Enquanto isso, as vendas imobiliárias e o investimento na China registraram quedas de dois dígitos, uma vez que os esforços para apoiar as grandes cidades não conseguiram reforçar a confiança numa indústria que luta para sair da crise, embora o ritmo de contração tenha abrandado.

"A chave ainda é o desempenho real do mercado de aço, já que isso afetará as necessidades de matérias-primas", disse Cheng Peng, analista da Sinosteel Futures em Pequim.

"Os baixos estoques e a grande diferença de preços entre os preços spot e futuros apoiaram o minério de ferro, mas os dados mostraram que há pessimismo no mercado siderúrgico."

A fraqueza ocorreu depois de os preços terem sido apoiados anteriormente pela melhoria de dados econômicos.

Outros ingredientes siderúrgicos também perderam terreno, com destaque para o carvão metalúrgico e o coque em Dalian, que caíram 3,02% e 3,87%, respectivamente.

Os contratos de referência do aço na bolsa de Xangai também registraram perdas.

Continua após a publicidade

O vergalhão recuou 1,01%, bobinas laminadas a quente caíram 0,74% e o aço inoxidável caiu 0,44%.

(Reportagem de Amy Lv e Dominique Patton em Pequim)

Deixe seu comentário

Só para assinantes